Pesquisar este blog

Arsenal vacila e não consegue se aproximar do lider Chelsea

sábado, janeiro 9


Mesmo jogando fora de casa, quem partiu pra cima no início da partida foi o Everton. Depois de alguns erros na hora da finalização ou do último passe, os Toffes finalmente fizeram tudo certo. Em cobrança de escanteio, o estreante Donovan colocou a bola na cabeça de Osman, que subiu mais que a zaga e abriu o placar, aos doze minutos.

O gol parece ter acordado o time do Arsenal, que tentava as investidas, mas parecia não estar em um dia feliz. Principalmente no meio de campo, os Gunners não conseguiam trocar muitos passes e erravam bastante.

Aos 27 minutos, os donos da casa contaram com um pouco de sorte para empatar o jogo. Após uma jogada confusa na entrada da área, Eduardo da Silva ajeitou para Denílson. O brasileiro, apagado na partida até então, chutou e contou com o desvio da zaga para deixar tudo igual: 1 a 1.

Animada com o empate, a torcida do Arsenal esqueceu o frio e passou a apoiar mais o time, que embalado começou a tomar conta das ações. Eduardo da Silva buscava mais o jogo e quase marcou o segundo após completar, de primeira um belo lançamento. O goleiro Howard se antecipou e fez uma bela defesa.

Na volta do segundo tempo, o Everton começou melhor novamente e tinha muito mais posse de bola. Mas com Donovan um pouco fora de ritmo e Saha muito mal, não conseguia levar muito perigo. Eduardo da Silva e Arshavin, junto com Ramsey, tentavam responder pelo Arsenal.

Apesar da temperatura abaixo de zero e da grande quantidade de neve que caia em Emirates Stadium, os dois times fizeram um segundo tempo quente, buscando o ataque para sair com a vitória.

Mostrando um pouco de ansiedade para chegar ao gol, o Arsenal pecava na hora de colocar a bola pra dentro. Wenger tentou dar novo gás colocando Vela no lugar de Eduardo da Silva, mas viu sua estratégia ir por água abaixo aos 36 minutos.

Aproveitando que todos os jogadores do Arsenal estavam no ataque, o Everton chegou ao segundo gol em um contra-ataque fulminante. Tim Cahil dominou com o pé direito e com o esquerdo lançou Piennar. O sulafricano arrancou de antes do meio de campo e ficou cara a cara com o goleiro Almunia. O espanhol saiu do gol e viu o rival dar um leve toque por cima para marcar o gol do desempate.

Mais na base da pressão do que da organização, os donos da casa chegaram ao empate. Após algumas rebatidas dentro da área do Everton, a bola sobrou para Rosicky bater e deixar tudo igual. Faltando três minutos para o fim, o Arsenal foi mais pra cima ainda para tentar a virada e o jogo ficou dramático. O Everton se segurou como pôde e garantiu o empate.

Gols:

0 comentários:

 
Futebol Multimídia™ | by TNB ©2010