Pesquisar este blog

Angola faz 4, mas deixa Mali empatar

domingo, janeiro 10


A Copa das Nações Africanas teve um começo sensacional. Após um período de luto e tristeza depois do ataque a seleção de Togo, o primeiro jogo da competição foi incrível. Neste domingo, a anfitriã Angola enfrentou Mali e vencia por 4 a 0 até os 34 do segundo tempo. Mas o adversário encontrou forças, contou com o desinteresse dos donos da casa que consideravam o jogo ganho, e empatou a partida em apenas 16 minutos. Flávio, duas vezes, Gilberto e Manucho fizeram os gols angolanos. Keitá, também duas vezes, Kanoute e Yatabaré, foram os heróis malineses.

As duas equipes agora dividem a ponta do Grupo A com um ponto cada. Malawi e Argélia fazem o outro jogo da chave, nesta segunda, às 11h45 (de Brasília), com transmissão ao vivo do Esporte Interativo.

Antes do início da partida, foi prestado um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do atentado contra a delegação de Togo.


O primeiro gol da Copa das Nações Africanas saiu aos 36 minutos do primeiro tempo. A anfitriã Angola abriu o placar com Flávio. Após levantamento para a área em cobrança de falta no lado esquerdo, o atacante apareceu livre na pequena área para, de cabeça, balançar as redes.

E Flávio aumentou seis minutos depois. Em novo cruzamento, dessa vez pela direita, o artilheiro subiu mais alto que a defesa e testou, com força, para o fundo do gol.

O terceiro gol veio aos 21 do segundo tempo. Gilberto cobrou pênalti com categoria, no canto esquerdo, sem chances para o goleiro. Mas o juiz mandou voltar e, na segunda cobrança, o jogador mudou o lado, mas o resultado foi o mesmo. Gol e caminho aberto para uma goleada.

Aos 27, Keitá puxou Gilberto dentro da área. Novo pênalti que Manucho cobrou bem e converteu. Goleada e festa angolana em Luanda. Os torcedores começaram a deixar o estádio com o fim do jogo se aproximando. Mal sabiam eles o que estava para acontecer.

Angola tinha o jogo na mão e, com a sensação de jogo ganho, relaxou e passou a esperar o apito final.


Mas Mali descontou aos 34 minutos. Depois de cobrança de escanteio, o goleiro Fernandes se atrapalhou com a bola e, após bate-rebate, Keita roubou a bola e só empurrou para o fundo do gol. Era apenas o começo de uma reação histórica.

Kanouté fez o segundo de Mali aos 43. O atacante do Sevilla subiu bem e acertou uma bela cabeçada no canto de Fernandes.

Aos 47 o jogo ficou dramático. Keitá aproveitou cruzamento e, de primeira, bateu cruzado para fazer o terceiro e dar esperanças a Mali.

No minuto seguinte o inacreditável aconteceu. Em novo cruzamento para a área, Fernandes não segurou a finalização de Kanouté, Yatabaré aproveitou o rebote e estufou as redes com o gol vazio. 4 a 4 no placar e um empate que vai entrar para a história do futebol.


FICHA TÉCNICA
Angola x Mali – Copa das Nações Africanas – Grupo A

Data/Hora: 10/01/2009, às 17h (de Brasília)

Local: Estádio 11 de Novembro, Luanda (ANG)

Gols: Flávio aos 36 e aos 42 minutos do segundo tempo; Gilberto aos 22, Manucho aos 29, Keitá aos 34, Kanouté aos 43, Keitá aos 47 e Yatabaré aos 49 minutos do segundo tempo.


Angola: Fernandes, Rui Marques, Kali e Zuela; Mabina, Chara, Gilberto (Enoque), Stelvio e Dede (Djalma); Manucho e Flavio. Técnico: Manuel José

Mali: Sidibé, Berthe, Diamountène, Soumaré e Tamboura; Diarra, B. Traoré (Fané), M. Traoré, Maiga (Keitá) e Bagayoko (Yatabaré); Kanouté. Ténico: Stephen Keshi

Gols:

0 comentários:

 
Futebol Multimídia™ | by TNB ©2010